Dicas para não pagar alguns micos em suas aventuras

Quando saímos para viajar sempre levamos conosco nossas características culturais, mas em alguns momentos isso pode ser um problema, pois podemos cometer algumas gafes ou pagar alguns grandes micos por simplesmente fazer algo, que na nossa cultura é super normal, mas que em outras pode causar desconfortos.

Por isso separei alguns pontos para pensarmos e pesquisarmos antes mesmo de colocarmos o pé na estrada, se liga ai:

 

  • NA HORA DE CUMPRIMENTAR

Ah nós brasileiros adoramos um abraço apertado, beijinhos e muita proximidade mas em alguns lugares não é bem assim, muitos não estão acostumados com isso. A dica é dar uma segurada no calor humano e observar como os outros estão se cumprimentando e apenas de a mão, pois se tiver outra forma o anfitrião lhe mostrará.

 

  • CUIDADO COM O HORÁRIO

Muitos estão acostumados a chegar sempre aqueles minutinhos atrasados ou de tolerância, mas em muitos lugares isso pode gerar certos constrangimentos e embaraços desnecessários que podem ser evitados. Em países como Alemanha, Suíça ou Inglaterra não é nada elegante chegar atrasado ou até mesmo muito cedo. Então a dica é ser sempre pontual.

 

  • GESTOS E SINAIS

Se você está longe do seu país ou da sua cultura é bom evitar gesticular demais. Por exemplo, um gesto simples como o sinal de positivo no Irã é considerado obsceno, já nas Philipinas apertar muito a mão na hora do cumprimento pode transmitis agressividade. E assim vai. A dica é ser o mais discreto possível quando você não conhece bem ou não pesquisou sobre o lugar.

 

  • DINHEIRO ALGO BEM IMPORTANTE

Como falei é bem importante sempre pesquisar sobre o país ou lugar que você vai. Conheça o dinheiro do lugar para evitar micos e também de ser passado para trás. Em alguns lugares é crime rabiscar, amassar, rasgar notas de dinheiro como na Tailândia porque a pessoa que esta estampada em cada uma delas é sempre de um rei ou alguém muito importante que deve ser respeitado.

 

  • BEBER NA RUA

O que para muitos é normal para outros é caso de prisão. Quando fomos ao Chile não tínhamos esta informação e inocentemente compramos uma cervejinha no mercado e fomos tomando até o hotel. Caminhando percebemos que não havia ninguém bebendo em lugar algum e depois mais tarde também ficamos sabendo que poderíamos ter sido presos, então muita atenção nisso.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.