Hoje começamos uma série de posts todos relacionados a magnífica ilha de San Andrés que tivemos o prazer de conhecer.

Esta sequência será dividida em quatro postagens para podermos mostrar melhor todas as maravilhas que vivemos por lá!

San Andrés é uma ilha que está localizada no mar do Caribe pertencendo a Colômbia, embora a Nicarágua já tenha reclamando a soberania sobre ela a Corte Internacional de Justiça, porem em 2012 a decisão se deu favorável a Colômbia.

Depois desta breve historinha, a nossa série se inicia com um lindo passeio pelas ilhas de Johnny Cay e Rose Cay, finalizando no Aquário Natural.

No hotel onde ficamos havia uma agencia de turismo que nos auxiliou na indicação e compra de vouchers para os passeios. Saímos cedinho para aproveitar o dia e não perder nada!

O deslocamento de todo o passeio é feito em lancha rápida uma loucura pois ela, como o nome já diz, é muito rápida e praticamente voa pelas águas azuis do mar caribenho dando um gostinho de aventura ao passeio.

Nossa primeira parada foi na pequena Ilha de Johnny Cay, um lugar lindíssimo onde podemos ver, nitidamente, as variações de cores do oceano. A ilhota é pequena e pode ser contornada a pé onde apresenta várias piscinas naturais, pedras e uma faixa de areia. O lugar é de cair o queixo e ainda conta com várias barraquinhas com muitas comidinhas gostosas.

Depois de nos deslumbrarmos com este local maravilhoso, partimos para a Ilha de Rose Cay e o Aquário Natural. Quando estávamos chegando lá todas as informações e direcionamentos foram passados pelo pessoal da lancha onde estávamos. Em terra, novamente recebemos orientações de como deveríamos nos portar quando adentrássemos o mar para o Aquário Natural, agora da equipe que nos acompanharia.
O resultado deste passeio não poderia ser outro: Um espetáculo! No aquário vimos vário peixes que nadavam entre nossas pernas e em mar aberto. Mas a cereja do bolo não é isso ainda…. No final do passeio fomos presenteados com a visita de uma arraia belíssima que nosso guia pegou na mão, com muito cuidado, e a gente pode tocar e alguns até segurar. Não tem coisa mais linda do que ver os animais em seu habitat natural, não é?

Bem por hoje é só, mas, na semana que vem a aventura não para pois, fizemos um passeio caminhando pelo fundo do mar…

Uhmm…. Ficou curioso? Espera só pra ver!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.