Para fechar nossa série de post sobre San Andrés nada melhor do que dar um passeio ao redor desta ilha que é recheada de belezas naturais.

Para este passeio alugamos um carrinho semelhante a um carro de golfe chamado de mula, que transporta até quatro pessoas, é todo aberto e anda a uma velocidade considerável e tranquila para este tipo de passeio. Esta foi a primeira aventura, aprender a dirigir ele, mas depois de um tempo nosso motorista, Antonio, pegou o jeito.

A Ilha de San Andrés é pequena, cerca de 13 Km de norte a sul, cercada por praias de tirar o folego por toda a beleza que apresenta. Uma coisa que chama muita atenção no transito da cidade é a quantidade de motos, são muitas! As vezes com até quatro pessoas!

Uma dúvida que tivemos foi com relação a habilitação para dirigir, mas, segundo o dono do estabelecimento onde alugamos o carrinho se você possuir a carteira de motorista do seu país, pode dirigir por lá.

Como já falei a cima a ilha possui bela praias onde fizemos diversas pausas. Uma outra parada foi para conhecer o ponto mais alto de San Andrés onde se pode ver a ilha toda. Este é a torre da primeira igreja Batista da ilha e também há indícios de ser a mais antiga da américa latina. O lugar é lindíssimo!

Seguimos nosso passeio e chegamos até um lugar que é conhecido por ser o possível lugar onde o um pirata protagonista de várias histórias e lendas da ilha, tenha enterrado um tesouro, a Caverna do Morgan. Lá encontramos um pouco da cultura de San Andrés como artesanatos e danças típicas. Não é um lugar imperdível, mas se você tiver um tempo sobrando pode aproveitar para conhecer.

Alugar um carrinho e dar a volta a ilha é muito interessante e nos fez ficar mais próximos do cotidiano de San Andrés. Vale a pena esta experiência!

A série de postagens termina aqui, mas semana que vem tem muita coisa boa por vir! Aguardem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.